Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 06 de Setembro de 2023, 18:22 - A | A

Quarta-feira, 06 de Setembro de 2023, 18h:22 - A | A

Confessou a autoria

Mais detalhes: Polícia Civil esclarece em poucas horas, crime de feminicídio e prende autor em Juína

Autor do crime foi preso em flagrante e confessou autoria

Juína News

A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, por meio da delegacia municipal de Juína, esclareceu em poucas horas o crime de feminicídio que teve como vítima Joicemara Baltazar de Moraes de 27 anos, ocorrido no final da noite de ontem dia 05, na rua Das Violetas no bairro Módulo 04.

Relembre: Mulher de 27 anos morre em suposto crime de latrocínio em Juína

Leia também: Caminhoneiro confessa que matou a esposa com um tiro em Juína

A princípio, o crime estava sendo investigado como tentativa de latrocínio, segundo a versão do principal suspeito e marido da vítima, o caminhoneiro Elvis Guebarra Fernandes, de 33 anos, porém, com a evolução das investigações, no começo da tarde desta quarta-feira, dia 06, o suspeito confessou a autoria do crime.

O delegado Dr. Ronaldo Binoti Filho, destacou que tão logo a equipe de investigadores foi acionada e chegou no local do crime, o marido, passou a ser o principal suspeito, entretanto, o mesmo disse aos policiais que uma pessoa havia adentrado no quintal da residência com a intenção de roubar uma motocicleta, que era de propriedade da vítima, que ao sair para fora levou um disparo de arma de fogo e o suposto bandido fugiu do local.

Binoti Filho disse ainda que uma das linhas de investigação, apontaram para o fato de que o suspeito ao se deparar com a vítima ferida não acionou o socorro do SAMU, preferindo ir até a casa de seu irmão que fica próximo e o chamou para juntos levarem a vítima a um hospital particular da cidade, e segundo o delegado, após analisar algumas imagens de circuito interno de câmeras de segurança da rua, não foi constatado a presença de nenhum indivíduo encapuzado correndo pela rua conforme Elvis havia relatado, vindo então a convicção de que ele poderia estar envolvido no crime.

Outro ponto importante nas investigações, é que uma cápsula de munição calibre .32 foi encontrada no interior da residência e após análise foi constatado que o disparo que tirou a vida da vítima era do mesmo calibre.

Elvis Guebarra confessou à polícia que havia efetuado o disparo contra sua esposa, e que momento antes o irmão e a cunhada estavam em consumindo bebida em sua residência, e após os convidados irem embora, o casal iniciou uma discussão motivada por ciúmes, onde o suspeito foi até o quarto do casal e pegou a arma e atirou na vítima que estava próximo a filha deles de apenas 11 meses de idade, e em seguida se desfez da arma jogando em uma área de mato no terreno do antigo prédio do SENAI, pontuou Dr. Ronaldo.

Preso em flagrante, Elvis Guebarra Fernandes, será indiciado por crime de feminicídio e posse ilegal de arma de fogo permitido, e após os procedimentos na delegacia será encaminhado ao CDP.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros