Juína/MT, 23 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

23 de Julho de 2024


Polícia Sexta-feira, 03 de Junho de 2022, 19:06 - A | A

Sexta-feira, 03 de Junho de 2022, 19h:06 - A | A

Acerto de contas

Polícia Civil conclui investigação do assassinato de ativista do LGBTQIA+ em Juína

Delegado lembra que vítima foi morta não por sexualidade, mas por envolvimento com o crime no município

Juína News

A Polícia Judiciária Civil da cidade de Juína, no Mato Grosso, concluiu o inquérito policial que investigava o assassinato de Rogério Diego Dos Santos, de 28 anos, que era conhecido por sua performance como a drag queen, Julya Madsan ocorrido do dia 12 de novembro de 2021. O corpo de Rogério foi encontrado em avançado estado de decomposição na zona rural do município com diversas perfurações de arma branca (faca/facão).

Relembre o caso: Corpo em avançado estado de decomposição é localizado pela polícia civil de Juína

Uma mulher, apontada como mandante do crime, dois homens e dois adolescentes estão envolvidos na morte da vítima.

Na tarde de hoje, o delegado titular da delegacia municipal de polícia doutor Ronaldo Binoti Filho explicou que após um trabalho árduo de investigação que foi muito bem conduzido, chegou-se à conclusão de quem seria os mandantes e também o autor do crime, que tão logo foram identificados, expediu-se o mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz da vara criminal da comarca de Juína, que permitiu executar o cumprimento da prisão dos envolvidos que já se encontram presos.

Segundo as investigações, a autoria do crime está bem esclarecida, sendo que dois dos envolvidos encontra-se preso, em num total 05 indivíduos identificados, sendo um deles Juniaglas De Paula Dos Anjos, vulgo “Juninho” assassinado a tiros  na cabeça no dia 09 de novembro de 2021, em uma residência na rua Boa Esperança no bairro Módulo 05, logo após a morte de Diego Rogério Dos Santos, Kleberson Diogo Santana De Lima,  encontra-se preso na cidade de Alta Floresta, e uma mulher Angélica Saraiva De Sá, vulgo “Bibi” que liderava a facção do Comando Vermelho que se encontra presa na capital Cuiabá, e dois menores, onde um deles está apreendido na cidade de Cuiabá por ter cometido outros crimes de homicídio, e uma pessoa que no momento se encontra em liberdade (menor).

Os suspeitos presos respondem por outros crimes, entretanto, no caso da morte de Rogério, a mandante do assassinato Angélica Saraiva De Sá, ordenou a execução, que segundo investigações, Rogério fazia parte da facção Comando Vermelho, onde era um dos traficantes na cidade de Juína, entretanto a motivação concreta se deu devido Rogério Diego ter furtado uma TV de um dos líderes da facção criminosa Kleberson Diogo Santana De Lima.

Todos os envolvidos na morte de Rogério Diego responderão por crime de homicídio qualificado, motivo torpe, crime de tortura durante a execução da vítima, que segundo as investigações foi assassinada a golpes de faca e facão em várias partes do corpo com requintes de crueldade, onde o corpo só foi encontrado aproximadamente 04 dias após ter sido assassinado em uma área alagada na estrada rural (Linha Barroso).

Para a Polícia Civil, o caso está encerrado e o inquérito concluído.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Álbum de fotos

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros