Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Polícia Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 16:02 - A | A

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2023, 16h:02 - A | A

Operações Especiais (Goe)

Polícia Civil detona explosivos que seriam utilizados para fuga em massa de presídio

Duas pessoas suspeitas de dar apoio à fuga foram presas e quatro fugitivos do presídio morreram em confronto com a Polícia

Juína News com Assessoria

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Operações Especiais (GOE), detonou nesta quinta-feira (17.08), explosivos que seriam utilizados por uma facção criminosa para uma fuga em massa do Centro de Detenção de Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá). 

O material explosivo foi apreendido no dia 07 de agosto durante as diligências para recaptura de sete reeducandos que haviam fugido da unidade prisional no dia anterior. Dois suspeitos de dar apoio à fuga foram presos, entre eles, o responsável pelos explosivos. 



Durante os trabalhos, a equipe da Polícia Militar prendeu em flagrante um homem que deu apoio à fuga, sendo apreendido em um terreno baldio próximo à residência do suspeito, duas emulsões explosivas e dois detonadores. Segundo informações, os explosivos seriam utilizados por uma facção criminosa, nas dependências do Centro de Detenção Provisória de Peixoto de Azevedo, com o fim de promover uma fuga em massa. 

A destruição dos explosivos foi realizada pelos policiais da GOE, em uma área isolada, atrás da Delegacia de Peixoto de Azevedo e, antes da detonação, foi realizada a análise e neutralização do material. 



Confronto 

Em ação conjunta das Forças de Segurança dos municípios de Peixoto de Azevedo e Colíder foi descoberta a localização de quatro dos fugitivos do Centro de Detenção Provisória, que estariam em chácara nas proximidades da Rodovia MT-320, em Colíder.

Na terça-feira (15.08) policiais militares e civis foram até o local averiguar os fatos, quando foram recebidos a tiros pelos criminosos. No confronto, os quatro suspeitos foram atingidos e vieram a óbito.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros