Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Política Segunda-feira, 25 de Setembro de 2023, 16:27 - A | A

Segunda-feira, 25 de Setembro de 2023, 16h:27 - A | A

Fávaro confirma 400 milhões de dólares para o BID Pantanal

Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro (PSD), informou que o presidente Lula (PT) destinou US 400 milhões de dólares ao Pantanal para o programa BID Pantanal. Segundo Fávaro, para dar continuidade no programa, é necessário que o "agro nordeste" assine o contrato de linha de crédito para fazer a assinatura da carta.

“Agora nós vamos tabular essas consultas para que possamos escrever a carta, consultar o BID. Este programa está atremado também a uma linha de crédito do agro nordeste, que será tocado pelo ministro, Paulo Teixeira, que tem regularização fundiária, já em fase de assinatura de contratos. Nós dependemos da assinatura desse contrato, se não acontecer esse ano, pode ser o começo do ano que vem, com orçamento novo para assinatura, para que nós possamos dar sequência, então, na apresentação da carta consulta do BID Pantanal”, explicou.

BID Pantanal visa promover ações e projetos que contribuam para a conservação da biodiversidade, o uso sustentável dos recursos naturais e o fortalecimento da economia local. Por meio dele, busca-se também melhorar a governança e a capacidade institucional na região, considerada uma das áreas úmidas mais importantes do mundo. 

 

Para discutir sobre o tema, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) realizou uma série de audiências para apresentar o programa BID Pantanal, em alguns municípios, são eles: Santo Antônio de Leverger, Poconé e Cáceres.

Já foram realizadas as visitas técnicas aos 12 municípios da Baixada Cuiabana que serão beneficiados. No entanto, o próximo passo é Fávaro selecionar os que efetivamente vão fazer parte do programa. Os 12 municípios da Baixada Cuiabana que poderão ser contemplados, são: Acorizal, Barão de Melgaço, Cáceres, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Rosário do Oeste, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande.

Programa Pantanal foi assinado em junho de 2001. Estavam previstos até 400 milhões de dólares para sua consecução. Uma parte dos recursos é do Banco Interamericano de Desenvolvimento, outra do governo japonês, mais 25% do governo federal e 12% para cada governos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

“O presidente Lula dividiu, são R$ 1 bilhão e R$ 200 milhões de dólares do BID disponível no Ministério da Agricultura. Ele vai deixar disponível R$ 400 milhões de dólares para o agro nordeste, tem menos que isso já contratado. Ele vai deixar R$ 400 milhões de dólares para o Pantanal e R$ 400 milhões de dólares para uma ação no norte do país”, comentou.

 

 

Fonte: GD

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros