Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Brasil Segunda-feira, 19 de Junho de 2023, 08:25 - A | A

Segunda-feira, 19 de Junho de 2023, 08h:25 - A | A

MT é responsável por um terço da produção da safra de grãos do Brasil

O 9º Levantamento da Safra 2022/2023, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aponta que Mato Grosso deve produzir 97,4 milhões de toneladas de grãos - um recorde para o país e para o Estado, que corresponde, sozinho, a 31% da quantidade de grãos produzidos no Brasil, ou seja, quase um terço do total, puxado especialmente pela soja e pelo milho. 

Por sua vez, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, produzido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), revela o mesmo cenário de Mato Grosso liderando mais uma vez a produção de alimentos entre cereais, leguminosas e oleaginosas.

A soja é o principal produto da agricultura brasileira e a prioridade dos produtores na safra de verão, que é plantada a partir de setembro, na época das chuvas, e colhida em janeiro e fevereiro. A segunda safra é plantada após a colheita da safra de verão, e a sua colheita dá-se a partir de junho. Em Mato Grosso, a principal opção é o milho.

A produção agrícola em Mato Grosso tem perspectiva de aumento devido à demanda mundial por alimentos. Além dos grãos, o Estado é o maior produtor de gado de corte, além dos destaques na produção de aves e suínos.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, diz que o Governo do Estado tem feito sua parte em melhorar as condições de um dos principais pontos delicados para o escoamento da produção do Estado: a logística.

“De forma inédita, o Governo do Estado passou a ter a concessão da BR-163, assumindo o controle da Nova Rota Oeste via MT Par. Enquanto os demais estados querem federalizar as rodovias, Mato Grosso quis o contrário. As obras da primeira ferrovia estadual do país também estão em andamento, e são mais de 2.500 km de estradas em execução pelo Estado, construção de pontes. São obras que atendem o setor produtivo, bem como a população em geral”, observou o secretário.

A duplicação da BR-163, que está sendo executada pela Nova Rota Oeste, será um dos principais projetos do Estado para dar mais segurança nas estradas em razão da grande quantidade de caminhões que trafegam pela rodovia e para o escoamento da safra.

 

 

Fonte: GD

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros