Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Cidades Segunda-feira, 30 de Outubro de 2023, 15:46 - A | A

Segunda-feira, 30 de Outubro de 2023, 15h:46 - A | A

atualização obrigatória

Produtores devem informar rebanho ao Indea a partir desta quarta-feira (1º)

A partir do dia 7, somente produtores que comunicarem estoque conseguirão emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA), exceto se o animal for para abate

Juína News com Assessoria

Começa nesta quarta-feira (01.11) a campanha estadual de atualização de rebanho, realizada pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT). Até o dia 30 de novembro, produtores comerciais de bovinos, bubalinos, suínos e aves terão, obrigatoriamente, que informar ao Indea os dados detalhados dos rebanhos e das propriedades rurais.

O produtor rural poderá fazer a comunicação pelo módulo do produtor, ou presencialmente em qualquer unidade do Indea ou postos avançados. No site da autarquia, em Sanidade Animal, é possível encontrar outras informações sobre a campanha.

A comunicação de estoque garante um cadastro adequado à realidade dos estabelecimentos rurais permitindo, consecutivamente, a continuidade do planejamento das ações operacionais por parte do Estado dos serviços veterinários oficiais.

Para ter acesso ao módulo do produtor, deve-se requerer o cadastro em alguma unidade do Indea, e assinar o Termo de Compromisso de Utilização do Sistema Informatizado. No site do Indea, em Sanidade Animal, Atendimento não Presencial, é possível acessar o referido termo.

Haverá bloqueio do trânsito das espécies alvo (bovino, bubalino, suíno e aves comerciais) do dia 7 de novembro em diante para quem não realizar a comunicação – exceto para abate. A partir dessa data, somente os produtores que comunicarem estoque conseguirão emitir a Guita de Trânsito Animal (GTA), exceto se o animal for para abate.

Durante a comunicação, o produtor rural que possui bovinos e bubalinos sob sua responsabilidade, poderá também registrar a marca a ferro.

A não comunicação de estoque de rebanho resultará em multa é de aproximadamente R$ 6 mil.

Líder no ranking de estados com o maior número de cabeças de gado em todo o país, Mato Grosso tem um rebanho bovino de mais de 34,4 milhões de animais. A quantidade foi levantada durante a campanha de atualização de estoque de rebanho, realizada entre 1º de maio e 15 de junho deste ano.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros