Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Gerais Quinta-feira, 12 de Outubro de 2023, 16:23 - A | A

Quinta-feira, 12 de Outubro de 2023, 16h:23 - A | A

Confira!

Sicredi recebe aporte extra e recursos já estão disponíveis aos associados

Nova remessa é de R$ 183 milhões e pode ser acessada por MEIs, micro e pequenas empresas, além da agricultura familiar e médios produtores rurais.

Assessoria Sicredi

Com R$ 130 milhões liberados aos associados por meio do MT Garante - fundo de aval garantidor de Mato Grosso - em 4 meses (de maio a agosto), o Sicredi recebe mais uma remessa de recursos do Governo do Estado. Este mês, a Desenvolve MT liberou mais R$ 183 milhões à instituição financeira cooperativa, recursos que já estão disponíveis para atender a demanda dos associados.  Por meio dessa linha de crédito, o Sicredi apoia o desenvolvimento dos microempreendedores individuais (MEIs), micro e pequenas empresas, além da agricultura familiar e médios produtores rurais.

Em uma parceria com cinco instituições financeiras, incluindo a Agência de Fomento de Mato Grosso (Desenvolve MT), o governo do Estado lançou o MT Garante no ano passado. Possui linhas voltadas para Investimento, Capital de Giro e Custeio Agro, e oferece garantia de até 80% do valor financiado. O objetivo é ampliar o acesso ao crédito e minimizar os riscos das operações contratadas. Na prática, o Fundo funciona como um avalista da operação quando o micro, pequeno ou médio negócio ou produtor rural não tem as garantias necessárias para o financiamento.

 

O volume liberado até agosto contemplou 1.582 operações. Ao todo foram atendidos associados de mais de 80 municípios e 60% dos recursos foram destinados às micro e pequenas empresas, e agricultores familiares cumprindo o objetivo de agregar renda e contribuir com o desenvolvimento dos empreendedores locais. “As liberações registradas no período de quatro meses nos surpreenderam. Esperávamos executar esse montante num período de 12 meses. O desempenho foi tão positivo que nos levou a solicitar à Desenvolve MT mais recursos para atender as demandas e necessidades dos nossos associados. Em poucos dias recebemos o retorno positivo e vamos seguir com o MT Garante, colaborando para a prosperidade dos negócios”, afirma Márcio Szesko, Diretor de Negócios do Sicredi.

Do total de recursos concedidos, as empresas foram as que mais contrataram, com 1.385 operações que somaram R$ 118 milhões. As contratações pelos agricultores familiares totalizaram 197 com a liberação de R$ 19 milhões. Com relação à finalidade dos recursos, 81% foram para Capital de Giro (PJ), 12% para custeio (Agro) e 5% para Investimentos (PJ).

 

Na lista de cidades com mais liberações aparecem Sorriso, com 204 operações, seguido por Sinop (174) e Cuiabá (129). “Nossa expectativa, com a nova remessa de recursos é atender ainda mais associados. Os interessados podem buscar os nossos gerentes de negócios para mais informações sobre como acessar”, acrescenta Márcio Szesko.

Sobre o desempenho do Sicredi nas concessões de crédito do MT Garante, a presidente da Desenvolve MT, Mayran Beckman Benicio, afirma que a velocidade com que os recursos foram liberados surpreendeu a todos positivamente. “E saber que eles chegaram a tantos municípios foi melhor ainda, pois as pessoas estão estabelecendo seus negócios, fazendo investimentos, tendo acesso a capital de giro por meio do fundo de aval do Governo de Mato Grosso. Estamos cumprindo nosso objetivo”, afirma ela.

Sobre o crédito

Ao contratar a linha de Investimento, o empresário ou produtor pode financiar todos os bens e serviços necessários à implantação e expansão do empreendimento, construção e aquisição de animais. Com o Capital de Giro é possível equilibrar o fluxo de caixa do negócio e o associado pode cobrir despesas como pagamento de tributos, encargos, fornecedores e salários.

O Custeio Agro é destinado a despesas de produção das atividades agrícolas ou pecuárias, aquisição de insumos, custos do ciclo produtivo com aquisição de bovinos de corte para recria, engorda e confinamento, e extração de produtos vegetais espontâneos ou cultivados.

Limites e contratação

O limite de crédito por operação varia de acordo com o porte da empresa. Para MEIs, o valor pode chegar a R$ 70 mil, para microempresas (ME) até R$ 200 mil e para empresa de pequeno porte (EPP) até R$ 300 mil. Já para produtores rurais, o valor máximo varia de R$ 250 mil (pequeno produtor) a R$ 430 mil (médio produtor). De forma excepcional, para instalação de aviários, o limite pode atingir R$ 2 milhões. As operações de crédito garantidas pelo MT Garante terão prazo máximo de 84 meses incluindo carência e amortização.

Para contratar crédito com o Fundo de Aval basta o associado procurar a agência do Sicredi e falar com o gerente. É preciso estar enquadrado em um dos portes, passar pela análise de risco da instituição e pagar a Comissão de Concessão de Aval (CCA). Esta comissão é destinada à manutenção do próprio fundo do governo do Estado e tem o objetivo de contribuir para o aumento de recursos e beneficiar o maior número de negócios ao longo do tempo.

 

Mais informações sobre podem ser obtidas no site coop.vemprosicredi.com.br/mtgarante.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento de seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. Possui um modelo de gestão que valoriza a participação dos 7 milhões de associados, que exercem o papel de donos do negócio. Com mais de 2.500 agências, o Sicredi está presente fisicamente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, disponibilizando uma gama completa de soluções financeiras e não financeiras.

Site do Sicredi: www.sicredi.com.br

Redes Sociais: Facebook |Instagram | LinkedIn | YouTube

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros