Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Juína Segunda-feira, 15 de Julho de 2013, 00:00 - A | A

Segunda-feira, 15 de Julho de 2013, 00h:00 - A | A

Condenação

Juína - Assassino do “sombra” foi indiciado por homicídio triplamente qualificado

Juína News

Grande foi à revolta da população juinense após saber de que o “Sombra ou Marcha Lenta” um morador de Rua do município de Juína, foi assassinado com requintes de crueldade por um homem que no dia de sua prisão afirmou ter tido problemas com sua ex- esposa, e  para satisfazer seu ego de ódio e revolta, saiu às ruas de Juína encontrando a vitima a levando para o mato, o assassinou degolando e em seguida mutilou seus testículos.

 

José Luiz Francisco Tales, vulgo “Zé Luis” foi preso em flagrante delito por policiais militares da Força Tática em sua residência, e o ‘valentão’ que havia minutos antes ceifado a vida de uma vitima indefesa, sequer esboçou reação ao ver os policiais.

 

 

Em sua residência foi apreendido um canivete provavelmente utilizado no crime e uma camiseta que estava na maquina de lavar roupas com vestígios de sangue.

 

 

No inquérito policial instaurado pela Polícia Civil, Zé Luis foi autuado em flagrante delito por homicídio qualificado. De acordo com o delegado adjunto do Cisc, José Ricardo, o acusado poderá pegar uma pena de até 30 anos de reclusão, isso dependerá agora do Ministério Público Estadual para o desfecho do caso.

 

 

- Ele alegou motivos de ordem pessoal mais diante dos elementos objetivos e do fato e até a própria calma que ele executou o crime, aparentemente não foi por motivo forte. Em relação na escolha da vitima, ele confessou que foi uma decisão de momento, mas mesmo assim vamos apurar, sobre ter discutido com a esposa não foi pontual para o crime- enfatizou Ricardo.

 

O suspeito confessou que já foi preso em Cuiabá e cumpriu pena de 3 meses no presídio do Carumbé.

 

 

O crime aconteceu em uma mata aos fundos do Daes por volta das 21h deste sábado dia 13.

 

 

Zé Luis foi encaminhado para a cadeia pública de Juína.

 

 

 

Comente esta notícia

marci 20/07/2013

Conheço esse traste a algum tempo e sempre foi um lixo mas, pior é que teve uma mulher que ele morou junto por alguns anos que gostava dele apesar que trata-la muito mal e viver bebado gastando o dinheiro dela. Espero que ela não venha ajuda-lo

positivo
0
negativo
0

ana 16/07/2013

provavelmente ,ele tem algum tipo de trauma a desse tipo mesmo ou qual seria o motivo de uma tortura dessa vagabundo, faz isso com uma pessoa k não sabe se defender queria ver se tivesse pego um homeme com atitudes são, se não irira pelo menos reagir contra mesmo k pra isso até se machucasse , mas iria tentar se defender , acho k só fez isso porque viu quem era , e sabia k o cara não tinha defesas.

positivo
0
negativo
0

anon 16/07/2013

quantos pseudo-psicologos aqui.. acho até engraçado.. esse cara tem historico violento desde que morava em Juína, fui vizinho dele e ele sempre agredia sua ex-esposa, ele só subiu de nivel,ele sempre foi assim.

positivo
0
negativo
0

jaqueline dias 15/07/2013

geralmente em crimes onde o assassino mutila partes de outrem , geralmente é ocasionado por um trauma proprio, se foi orgão genitais, geralmente o transtorno de seu casamento tem haver com o fato de estar sofrendo problemas neuro-fisiológicos e consequentemente ocasionou a separação.

positivo
0
negativo
0

4 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros