Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Lista de Notícias Segunda-feira, 12 de Abril de 2010, 00:00 - A | A

Segunda-feira, 12 de Abril de 2010, 00h:00 - A | A

Juína - Latrocínio continua sem solução; idosa foi agredida até a morte

Juína News

O corpo da idosa de 76 anos, Shiroko Matsubayashii foi encontrado por seus familiares no início da noite da última quinta-feira (08.04), em sua residência no bairro Módulo – 5, em Juína.

A princípio foi constatado uma lesão no rosto da vítima, proveniente provocado por paulada. O crime foi bastante cruel, e os criminosos não deixaram nenhuma pista.

Shiroko pode ter sido morta ainda na madrugada, ela ficou a semana toda sozinha na casa, uma das teses levantadas é que ela podia estar sendo monitorada pelos bandidos pelo fato de estar só e não ter chance de esboçar reação devido à idade.

No dia do crime a polícia militar esteve no local e os investigadores da polícia civil Silvano e Marcelo fizeram o local do crime iniciando as investigações. Duas armas de fogo, um Notebook e uma máquina digital foram levadas pelos criminosos.

Quatro dias se passaram e o crime continua sem solução. O delegado José Carlos De Almeida Junior, explica que o crime pode ter sido consumado durante a madrugada e está dificultando as investigações, segundo ele, não há pista do assassino e testemunhas do crime.

Dona Shiroko pode ter sido assassinada em um quarto e arrastada para outro, os criminosos a torturaram com as agressões.

A polícia civil continua apurando o caso, e um suspeito está sendo investigado, mas não há provas concretas.

A falta de informação dificulta a elucidação desse crime bárbaro e violento.

Como explicar tanta covardia praticada em uma mulher de 76 anos, que não tinha nenhuma possibilidade de defesa? Seria esse mais um crime perfeito, sem pistas, rastos e testemunhas?

A família e os amigos choram a perda da senhora assassinada violentamente.  

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros