Juína/MT, 23 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

23 de Julho de 2024


Polícia Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2023, 20:38 - A | A

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2023, 20h:38 - A | A

Investigação sigilosa

Jovem de 18 anos procura a polícia e diz que foi estuprada por seu patrão em Juína

Hoje outras 05 vítimas procuraram a delegacia e fizeram denúncias contra o empresário

Juína News

Uma jovem de 18 anos procurou a Polícia Judiciária Civil da cidade de Juína, Noroeste de Mato Grosso, afirmando que foi vítima de um estupro praticado por seu patrão. Segunda a moça, o crime teria ocorrido na quarta-feira, no entanto, ela procurou a polícia na quinta-feira.

O site Juína News apurou que a jovem trabalhava em uma lanchonete e Peixaria da cidade quando no final da noite do dia 18, após todos os clientes deixarem o local, ela foi executar o serviço de limpeza, e já quando estava terminando, o seu patrão, o empresário Reginaldo Luvizzutti De Brito de 47 anos, conhecido como “Cristiano”, fechou a porta do estabelecimento e lhe ofereceu uma bebida, tendo uma resposta negativa por parte da vítima. Segundo ela, não conformado, o suspeito agarrou a vítima a força e arrancou suas roupas e a estuprou descrevendo detalhes a polícia de como ocorreu a agressão sexual.

Quando conseguiu se livrar do suspeito, ela vestiu a roupa e saiu do local desesperada e somente no dia seguinte procurou a polícia civil que após lavrar o boletim de ocorrências, foi até o estabelecimento e efetuou a prisão do suspeito que foi levado para a delegacia e apresentado as autoridades de plantão.

Como não estava em flagrante, o empresário foi ouvido e depois liberado, onde as investigações sobre o caso segue em segredo de justiça, mas a situação dele se complicou ainda mais devido outras 05 vítimas terem ido até a delegacia nesta sexta-feira e também registraram boletim de ocorrências alegando também que foram abusadas pelo suspeito.

A Polícia Civil continua apurando todas as denúncias.

O Juína News abre espaço para uma eventual defesa do empresário.

Comente esta notícia

João Mendes de Oliveira 21/01/2023

Não tem explicação para esse empresário Cadeia nele...

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros