Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Polícia Segunda-feira, 17 de Abril de 2023, 12:46 - A | A

Segunda-feira, 17 de Abril de 2023, 12h:46 - A | A

Juíza aprova familiares de vítimas de chacina como assistentes de acusação

Juíza da 1ª Vara Criminal de Sinop, Rosângela Zacarkim dos Santos admitiu a inclusão, como assistentes de acusação, dos familiares de vítimas da chacina ocorrida em Sinop no dia 21 de fevereiro deste ano no processo contra Edgar Ricardo de Oliveira. O julgamento está marcado para o próximo dia 28 de abril. 

No total, 7 pessoas foram mortas por Ezequias Souza Ribeiro, 27, e Edgar Ricardo de Oliveira, 30. O motivo seria porque, naquele dia, tinham perdido dinheiro em apostas de jogos de sinuca.

As vítimas foram identificadas ainda na noite do crime. Entre elas estão Getúlio Rodrigues Frasão, 36, e Larissa Frazão de Almeida, 12, pai e filha. A mãe da menina, Raquel Gomes de Almeida, também estava no estabelecimento e presenciou a ação dos criminosos. Ela sobreviveu.

“Não havendo nenhum óbice legal, admito o pedido dos familiares das vítimas Larissa, Getúlio, Elizeu e Josué como Assistentes de Acusação”, decidiu a juíza Rosângela Zacarkim.

Ezequias foi baleado e morto um dia depois do crime em confronto com policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Por causa disso a magistrada julgou extinto o processo contra ele, em concordância com a manifestação do Ministério Público.

Já Edgar se entregou à polícia na manhã do dia 23 de fevereiro. A audiência de instrução e julgamento dele, pelos crimes, está marcada para o próximo dia 28 de abril, às 13h.

 

 

Fonte: GD

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros