Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Polícia Terça-feira, 21 de Novembro de 2023, 10:02 - A | A

Terça-feira, 21 de Novembro de 2023, 10h:02 - A | A

Polícia Federal deflagra operação e prende em MT envolvido no ataque do 8 de janeiro; outro investigado está foragido

Juína News com Assessoria

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira uma ação para o cumprimento de 2 (dois) mandados de prisão preventiva e 02 (dois) mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, na 20ª fase da Operação Lesa Pátria, que busca identificar os participantes e financiadores dos atos antidemocráticos em Brasília nas cidades de Cáceres/MT e Mirassol do Oeste/MT.

Segundo as investigações, os suspeitos gravaram vídeos durante a invasão ao Palácio do Planalto, incentivando outras pessoas a participarem do ataque às instituições. Nas gravações publicadas em redes sociais, eles também incitam o enfrentamento aos policiais que buscavam impedir a entrada dos invasores.

Esses fatos constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido e crimes da lei de terrorismo.

Os indivíduos foram identificados a partir de denúncias encaminhadas pela população, fato que reforça a importância da colaboração popular com os órgãos de segurança pública.

Um dos alvos foi preso em Cáceres enquanto o outro de Mirassol Do Oeste, permanece foragido.

A PF apreendeu um aparelho celular, um laptop, três pen drives e dois microchips SSD.

Cada estado tem a sua investigação, no entanto, a operação ocorreu nesta terça-feira, dia 21.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros