Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Polícia Segunda-feira, 05 de Junho de 2023, 14:48 - A | A

Segunda-feira, 05 de Junho de 2023, 14h:48 - A | A

Caso de polícia

Polícia Militar atende ocorrência de som alto, ameaça e disparos de arma de fogo em Juína

Homem diz que vizinho atirou para o alto depois de fazer ameaças

Juína News

No começo da noite do último domingo, (04) a Polícia Militar foi acionada com várias ligações via 190 sobre uma confusão que havia se iniciado na rua Cabaçal esquina com a rua Sinop, no bairro Módulo 05, em Juína – MT.

A vítima, Douglas Rafael disse aos policiais que durante o dia ele juntamente com amigos e familiares se reuniram em um almoço, onde também estavam ouvindo som de um veículo que se encontrava no local, quando o vizinho Rafael Pereira, foi até a casa e pediu que o som fosse baixado, devido o mesmo ter uma criança recém-nascida em sua casa.

Segundo a vítima, o som foi baixado, porém, a discussão prosseguiu devido a um problema no muro da residência onde a água empossada no quintal do suspeito, estava escorrendo para o quintal da vítima, sendo que o suspeito também reclamou pelo fato do padrão de energia elétrica da vítima estar dentro de seu terreno, e segundo a vítima, os mesmos foram ofendidos com palavras de baixo calão e de cunho preconceituoso racial.

Ainda de acordo com informações da vítima, o suspeito saiu do local e em seguida voltou com uma arma e disparou um tiro para o alto, e chamou a vítima para sair do lado de fora, e prossegui com os xingamentos a todos que estavam na residência, onde só saiu ao perceber a chegada da polícia, indo para o interior de sua casa e fechando o portão.

Procurado pela guarnição, Rafael disse que já era noite quando foi até a residência dos vizinhos pedir para abaixassem o volume do som devido ter uma criança recém-nascida em casa, e que o som ficou ligado durante todo o dia, e ao ser questionado sobre o disparo realizado no local, o mesmo negou possuir arma de fogo, alegando que os vizinhos estavam mentindo.

A Polícia Militar fez a condução de todos os envolvidos até a delegacia municipal de Polícia Judiciária Civil, ficando os mesmos a disposição das autoridades de plantão.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros