Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Região Noroeste Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2023, 15:44 - A | A

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2023, 15h:44 - A | A

A História se repete

Chuvas provocam atoleiros na BR 174, entre Castanheira e Juruena; assista

Devido aos pontos críticos, ônibus que faz a linha teve que esperar algumas horas com passageiros, inclusive crianças

Juína News

Uma situação que se repete há décadas na região noroeste do estado de Mato Grosso, são os atoleiros, registrados em vários pontos da BR 174, no trecho que liga os municípios de Castanheira e Juruena. Nesta segunda-feira, dia 20, novamente as cenas se repetiram, com interdição em alguns pontos da BR (assista aqui).

Uma seguidora do site Juína News registrou na BR 174 (Castanheira a Juruena) imagens em vídeos e fotos de vários pontos com congestionamento de veículos de pequeno e grande porte que abastecem as cidades do extremo noroeste com mercadorias, remédios e combustível entre outros produtos, e também escoam a produção agrícola e pecuária com cargas vivas (gado) e produtos de outras origens.

Essa situação na rodovia se repete todos os anos, com o agravamento no tempo chuvoso, período que estamos vivendo atualmente, e sempre com a promessa dos políticos de fazer a pavimentação asfáltica da estrada.

A rodovia em questão foi federalizada em dezembro de 2008, para que o Governo Federal pudesse realizar a pavimentação. Como as obras não foram realizadas nesse período, o Governo de Mato Grosso solicitou que a rodovia voltasse para administração estadual e o Termo de Transferência da BR-174 foi assinado em 30 de dezembro de 2021.

Deste modo, tudo continua como antes, sem quaisquer previsões exatas de asfaltamento, considerando que os pontos críticos são formados por atoleiros com enormes buracos devido à falta de manutenção e conservação da rodovia que piora com as chuvas.

A fila de veículo que se formou no local nesta quarta-feira era grande e preocupante, haja visto, que as chuvas tem caído com frequência desde o último final de semana, e muitos veículos de grande porte que estão carregados não conseguem subir os morros devido ao barro liso e atravessam na via impedindo que outros veículos, como ônibus, ambulâncias e carros pequenos tentam passar.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews 

 

Comente esta notícia

Solange Petry Zimmermann 20/02/2023

Nossa em 1993,por aí ,ficamos atolados de ônibus uma noite toda nessa estrada .....achei que tinham ajeitado .....arrumado essa estrada ,que horror

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros