Juína/MT, 14 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 06 de Outubro de 2023, 07:50 - A | A

Sexta-feira, 06 de Outubro de 2023, 07h:50 - A | A

Homicídio e tortura

Foragido da Operação Themis é preso na Capital

Jovem é um dos investigados pela DHPP por homicídio qualificado, tortura e por integrar uma organização criminosa envolvida em crimes ocorridos em Cuiabá

Juína News com Assessoria

Um foragido da Operação Themis, deflagrada na semana passada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá, foi preso na noite desta quarta-feira (04.10), na Capital.

N.A.N.G., de 26 anos, foi preso na porta de sua residência, no bairro Pedra 90, por uma equipe da Polícia Militar.

Ele foi encaminhado à sede da DHPP, interrogado e nesta quinta-feira será apresentado em audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.

O foragido é um dos investigados pela DHPP por homicídio qualificado, tortura e por integrar uma organização criminosa envolvida em crimes ocorridos em Cuiabá. Entre eles está a execução de um jovem na região do Cinturão Verde, no Pedra 90, há dois anos. Felipe Fernandes Rodrigues da Silva, de 21 anos, foi morto com vários disparos por membros da facção criminosa. Outro rapaz de 22 anos foi torturado. 

Conforme a investigação, os membros da organização criminosa decidiram, às margens da lei, pela instalação do ‘tribunal do crime’ e, consequentemente, pela punição imputada às vítimas em decorrência de um suposto estupro praticado contra uma moradora da região do Pedra 90, que denunciou os dois rapazes à facção. 

A equipe da DHPP apurou que fotos das vítimas circularam por um aplicativo de mensagens informando que Felipe Fernandes e o outro rapaz estavam sendo procurados pelo suposto crime.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros